Home » Saúde e Comportamento! » Sua impulsividade e falta de autocontrole explicam vício em smartphones

Sua impulsividade e falta de autocontrole explicam vício em smartphones

vicio-celular-grande

Os espanhóis consultam o celular em média 150 vezes por dia, tenham ou não notificações. Fruto do que os especialistas denominam de “chamada imaginária”. Esses dados refletem uma tendência mundial crescente: está cada vez mais difícil viver sem smartphone. Mas, dentro do uso generalizado, há usuários mais apegados do que outros. A que se deve isso? Traços de personalidade, tais como impulsividade e falta de autocontrole, são fundamentais para desenvolver esse vício tecnológico, de acordo com um estudo recente.

O estudo, realizado por pesquisadores da Universidade de Temple, na Filadélfia (EUA), comprova que as pessoas que afirmam ter hábitos mais dependentes ao telefone são também aquelas que mostram uma maior tendência a buscar gratificações imediatas e têm uma personalidade mais impulsiva.

A crescente dependência dos celulares criou, inclusive, novas patologias cada vez mais generalizadas, tais como a nomofobia (No-Mobile-phone-Phobia), o medo de ficar sem celular. “É um medo patológico que pode provocar uma síndrome de abstinência que não seria muito diferente da provocada pelo álcool ou o tabaco”, diz o psicólogo Ismael Dorado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *