Home » Mundo! » Estado Islâmico obriga menino a arrancar símbolo do Real Madrid de camisa

Estado Islâmico obriga menino a arrancar símbolo do Real Madrid de camisa

30out2016-menino-chora-apos-estado-islamico-obriga-lo-a-tirar-simbolo-do-real-madrid-de-camisata-1477862576186_615x300

O Estado Islâmico obrigou um menino a arrancar o símbolo do Real Madrid de uma camisa do time que ele gosta de usar, no Iraque. Ismail vive em uma região controlada pelo grupo radical chamada Jarbuah, próximo a Mossul. Três dias atrás, em 28 de outubro, ele conseguiu escapar da área sob domínio dos terroristas e fugiu para um acampamento do Exército Livre Curdo próximo dali.

Os curdos são uma etnia que vive em um território que inclui porções do Iraque, da Síria e da Turquia, e combatem a expansão territorial dos terroristas do Estado Islâmico dentro de seu território. O encontro do menino Ismail com os militares curdos foi registrado pelo fotógrafo Ahmed Jadallah, da agência de notícias Reuters. Visivelmente emocionado, o menino contava aos soldados a história de sua camiseta favorita.

30out2016-menino-ismail-mostra-para-soldados-camiseta-sem-o-simbolo-do-real-madrid-o-estado-islamico-obrigou-o-jovem-iraquiano-a-tirar-o-simbolo-da-roupa-1477862749855_615x300

Alguns meses atrás, o Estado Islâmico divulgou que puniria com 80 chibatadas quem não respeitasse a proibição anunciada pelo grupo das pessoas que vivem em territórios sob seu julgo de vestir roupas da Adidas e Nike, entre outras, anunciada pelo grupo algum tempo antes. Camisetas de seleções de futebol e times espanhóis também são proibidas.

Em maio militantes do grupo terrorista invadiram a sede de um fã-clube do Real Madrid na cidade de Balad, próxima à capital iraquiana, Bagdá, e abriram fogo com seus rifles. Pelo menos 16 torcedores morreram e outros 20 ficaram feridos. O Estado Islâmico reivindicou o ataque, e justificou a ação dizendo que não tolera idolatria a times de futebol. Na ocasião, o Real Madrid divulgou uma nota de repúdio ao grupo terrorista e de apoio aos torcedores iraquianos do time.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *