Home » Mundo! » Americano é libertado após 30 anos no corredor da morte

Americano é libertado após 30 anos no corredor da morte

Após passar 30 anos no corredor da morte, o americano Glenn Ford, hoje com 64 anos, foi libertado de uma prisão no estado da Louisiana, depois que um tribunal reconheceu que ele não havia participado dos crimes que o levaram a ser condenado à pena capital. Em 1984, Ford foi considerado culpado de participar do roubo e assassinato de um joalheiro com o qual já havia trabalhado. O réu teve a sentença determinada mesmo sem as autoridades terem encontrado testemunhas oculares ou a arma usada para cometer o crime.