Home » Mundo! » A morte lenta e dolorosa do jornal impresso: The Guardian vai demitir 250

A morte lenta e dolorosa do jornal impresso: The Guardian vai demitir 250

O ano de 2015 foi devastador para o setor dos meios de comunicação. Segundo explica o jornal The Guardian, “grandes empresas, como Google e Facebook, monopolizaram o mercado de publicidade” e “o crescimento das empresas de telefonia móvel torna mais difícil obter ganhos econômicos”.

As receitas com publicidade impressa no Reino Unido caíram 25%, o que fez o jornal The Independent deixará de ser publicado em papel.

Os lucros dos jornais líderes do mercado, The Daily Telegraph, The Sun e The Daily Mail, caíram 40% na última década. E o Financial Times, por sua vez, foi vendido no final do ano passado para o grupo japonês Nikkei.